O enfoque ciência, tecnologia e sociedade (CTS) e educação física: alguns apontamentos

 

Camila da Cunha Nunes, Adolfo Ramos Lamar e Fabio Zoboli

 

A problemática científica e tecnológica da Educação Física é cenário de relações sociais, porém no Brasil esta tem sido analisada em sua maior parte pela Epistemologia. Partindo disso, se faz necessário abordar a referida problemática desde uma perspectiva que a discuta de forma mais ampla e aprofundada. Assim, é importante refletir sobre a possível relevância do enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) para análise da Educação Física. Nessa perspectiva, o presente artigo discute a importância do enfoque CTS na Educação Física na medida em que este enfoque considera não somente os aspectos epistemológicos como também sociais da ciência. O enfoque CTS na Educação Física, e no esporte, envolve a atenção para as suas condições de gênero social, ideológico, econômico, político, cultural, aspectos étnicos, raciais e religiosos, ética e moral, a necessidade de supervisão ou controle público e o progresso democrático e sua implementação. Ao aplicar esta abordagem da CTS é importante entender que as práticas no campo da Educação Física e esportes não são inerentemente boas ou más ou socialmente neutras.

 

Palavras-chave: ciência, tecnologia e sociedade; educação física; sociedade

 

 

The scientific and technological aspects of physical education tend to be studied within the scene of social relations; however, in Brazil it has been analyzed mostly from an epistemological perspective. It is necessary to address such issues from a more extensive and thorough point of view. Thus, it is important to discuss the possible relevance of the relation between physical education and STS studies (Science, Technology and Society). This new approach not only considers epistemological aspects, but social derivations as well. The STS approach requires paying attention to several conditions: social gender; ideological, economical, political and cultural conditions; ethnic, racial, religious, ethical and moral conditions; the need for supervision or public control, democratic progress and the implementation of this last aspect. But before even applying the STS approach, it is important to understand that these practices in the field of physical education and sports are neither inherently good or evil, nor socially neutral.

 

Key words: science, technology and society, physical education society