Volumen 5 - Número 15

Caso simulado: “Uma vacina contra a Aids”. Uma experiência brasileira

 

Andréa Barbará, Brigido Vizeu Camargo y Raquel Bohn Bertoldo

 

O desenvolvimento de estratégias de prevenção e divulgação de conceitos sobre a aids junto aos jovens interessados, além de os informar cientificamente, lhes propor uma interação com este conhecimento, visa sua integração participativa na sociedade. O presente trabalho buscou investigar o efeito de um caso simulado envolvendo uma controvérsia científica sobre uma vacina contra a aids no conhecimento científico de adolescentes brasileiros estudantes do ensino médio. Participaram deste estudo 100 estudantes da 2ª série do ensino médio de uma escola pública da rede federal de educação da cidade de Florianópolis. O Teste de Conhecimento Científico sobre o HIV/Aids (TCCHA) foi empregado antes e depois da atividade para mensurar seu efeito no conhecimento científico. Os dados revelaram que o processo de compartilhamento de informações sobre o HIV/Aids entre os estudantes afetou o conhecimento dos estudantes de forma expressiva, uma vez que se observou um aumento de conhecimento científico considerável entre a primeira e a segunda medida do teste. Portanto, o caso simulado demonstrou ser uma estratégia eficaz para o aumento do conhecimento sobre o tema para estudantes do ensino médio.

 

Palavras-chave: aids, adolescência, conhecimento científico, prevenção

 

 

The development of prevention strategies and dissemination of concepts related to AIDS for interested young people, in addition to informing them scientifically, acts as a proposal for interacting with this knowledge, aiming at their participatory integration in society. This paper investigated the effect of a simulated case involving a scientific controversy about an AIDS vaccine on the scientific knowledge of Brazilian teenagers studying in high schools. One hundred students (coming from the 2nd grade of secondary education at a public school of the federal network of education of the city of Florianopolis) participated in this study. The Test of Scientific Knowledge about HIV/AIDS (TCCHA) was used before and after the activity to measure its effect on scientific knowledge. The data revealed that the process of sharing information about HIV/AIDS among students affected their knowledge in a significant way, since there has been a considerable increase in scientific knowledge between the first and second step of the test. Therefore, the simulated case proved to be an effective strategy for increasing knowledge on this subject for high school students.

 

Key words: AIDS, adolescence, scientific knowledge, prevention